top of page
  • Foto do escritorRodrigo Pires Cardozo

“No Silêncio do Ser: A Solidão de um Artista Solitário”


No vazio das horas, solidão me invade,

Artista triste, no peito um nó apertado,

Sem família, amigos raros ao meu lado,

Na dor profunda de uma vida abalada.


Apenas minha filha, luz do meu ser,

Meus cachorros leais, fiéis companheiros,

Meu refúgio, meu consolo verdadeiro,

Neste mundo em que a dor parece crescer.


Encontro paz no meu pomar sereno,

Onde a natureza me estende a mão,

E a arte, meu escape, é o meu terreno.


Na tela, crio cores de emoção,

Entre tintas e pincéis, me sinto pleno,

Em cada traço, liberto o coração.


Rodrigo Pires Cardozo

19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page